Chá para combater a má circulação, colesterol alto, falta de memória, ansiedade, falta de sono, depressão e problemas na visão

Ela é reconhecidamente muito valiosa, por possuir propriedades aromáticas, mas também por ser rica em óleos essenciais como geraniol, eugenol e linalol. Esta planta tem em sua composição elevadas taxas de taninos, saponinas e flavonoides, e possui poderes antiespasmódicos, digestivos, diuréticos, sedativos e antioxidantes.

Tudo isso aliado, a definem como uma importante arma no combate e prevenção de diversos problemas de saúde como: gripes, pressão arterial elevada, insônia, sendo também um ótimo coadjuvante na prevenção a fatores que podem desencadear o infarto.

Seu nome científico é Ocimum basilicum, mas podemos chamá-lo de manjericão, ou ainda de manjericão-de-folha-larga, manjericão doce, alfavaca, alfavaca doce, basilicão e até erva-real.

Fácil de ser encontrada, basta dar uma olhada rápida e ver que quase em todas as feiras livres, supermercados e lojas de artigos naturais a comercializam. As folhas podem ser frescas ou desidratadas, e seu uso é bem diverso: chás, banhos, cataplasmas e óleos essenciais.

Devido a seus inúmeros benefícios e propriedades, o manjericão pode ajudar no combate a estes males:

1 – Tratamento e prevenção de gripes, resfriados e bronquites

Com suas excelentes propriedades antioxidantes, e grande quantidade de óleos essenciais em sua composição, o manjericão auxilia no relaxamento dos músculos dos pulmões, aliviando os problemas respiratórios e diminuindo a tosse em casos de gripes e resfriados.

Suas atividades anti inflamatórias e antimicrobianas diminuem a irritação pulmonar, combatendo os vírus causadores de infecções.

2 – Excelente digestivo

Tendo em sua composição o ácido ursólico, cujas atividades antioxidantes e anti inflamatórias protegem as funções hepáticas e melhoram as atividades digestivas, aliada a ações antiespasmódicas, o manjericão se faz um importante agente com propriedades carminativas que também combate os gases.

3 – Prevenção e tratamento da pressão alta

Com a presença do eugenol, um óleo essencial muito importante, o manjericão atua relaxando os vasos sanguíneos, melhorando o controle da pressão arterial.

Os taninos, saponinas e flavonóides, diminuem a formação dos radicais livres no corpo, minimizando os danos nas artérias, aumentando os benefícios para manter a pressão arterial em melhores níveis.

4 – Afastando e diminuindo os riscos de ansiedade, depressão e insônia

As quantidades de geraniol e linalol presentes no óleo essencial, atuam sobre o sistema nervoso central, causando um relaxamento, aliviando assim possíveis quadros de depressão, ansiedade e falta de sono.

5 – Prevenção de infarto e aterosclerose

Suas propriedades antioxidantes, que são exercidas pelos flavonóides e taninos, auxiliam a diminuir os níveis do colesterol “ruim”, o LDL. Desta forma ele pode ajudar prevenindo doenças como infarto, derrame e aterosclerose.

6 – Tratamento de ferimentos e picadas de insetos

Sendo um poderoso antisséptico e anti microbiano também, ele pode ser utilizado como cataplasma, uma pasta composta por plantas e óleos vegetais, que pode ser colocada diretamente sobre a região que precisa ser tratada.

7 – Auxilia na perda de peso

Reconhecendo seu poder diurético, o manjericão auxilia na redução de peso, pois diminui o excesso de líquido no corpo. Ele também diminui a ansiedade relativa à compulsão alimentar.

8 – Dores de enxaqueca

Por ter em sua composição o mentol, geraniol e linalol, que são comprovadamente relaxantes e anestésicos, o manjericão se mostra eficaz no alívio a dores provocadas pela enxaqueca, quando inalado ou aplicado diretamente na pele.

9 – Aftas, dores de gargantas e amigdalites

Agindo como antioxidante, antimicrobiano e anti inflamatório, o manjericão pode ser ingerido como chá, usado em bochechos ou gargarejos, aliviando e auxiliando no tratamento contra aftas, gengivites, dores de gargantas e amigdalites.

Como usar:

Chá: 10 folhas de manjericão frescas ou secas, para uma xícara de água fervente. Tampe a xícara depois de pronto e deixe repousar entre 5 e 10 minutos, beber por 3 X ao dia.

Óleo essencial: 1 gota do óleo até 3 X ao dia.

Cataplasma: coloque 2 colheres de sopa da folha em uma tigela, amasse-as bem até se transformar em pasta, e aplique diretamente na região a ser tratada.