Como retardar o envelhecimento naturalmente?

Uma pele firme e sem rugas não depende só da genética, é também fruto de uma boa nutrição e cuidados naturais, já que a nossa pele é o espelho da nossa saúde. Se estamos bem de saúde isso reflecte-se na pele. Claro, que podemos usar cremes para rugas, mas a natureza também coloca ao nosso dispor plantas que retardam o envelhecimento para manter a pele jovem e macia.

Estas plantas medicinais não só previnem as rugas, mas também podem minimizar as rugas já existentes. As rugas começam a aparecer ao redor dos olhos e da boca, mas com a idade e uma vida pouco saudável, especialmente o tabaco, o álcool, o sol excessivo, pode acelerar o envelhecimento da pele e dar origem aos pés-de-galinha e rugas mais profundas.

Sendo um dos primeiros sinais visíveis de envelhecimento, que podem aparecer por volta dos 30 anos. As plantas medicinais com efeito anti-envelhecimento podem ajudar na preparação de chás que rejuvenescem.

Plantas que retardam o envelhecimento da pele

Não podemos parar o envelhecimento, este é um processo natural do corpo, mas podemos retrasá-lo através da dieta saudável que deve ser rica em vitaminas e antioxidantes, em particular as vitaminas A, C e E, e beta caroteno, que protegem a pele contra os radicais livres e estimulam a produção de colagénio. Beber água, é também importante, assim a pele está hidratada e adquire uma aparência suave.

As ervas medicinais são desde tempos remotos utilizadas como remédios para problemas de pele, para o tratamento do acne, fechar poros, cicatrizar feridas, eczemas etc. Também no âmbito do antienvelhecimento, as ervas podem ajudar a rejuvenescer a pele graças às suas propriedades benéficas, que estimulam os mecanismos de regeneração para manter a firmeza da pele e reduzir as rugas. Podem ser usadas na preparação de chás e compressas para aplicação externa.

Cavalinha – chá para rejuvenescer a pele

A cavalinha é uma planta medicinal com um alto teor de silício, sendo muito útil para a beleza da pele, sobretudo para combater a flacidez da pele e manter a sua elasticidade, retrasando assim o aparecimento das rugas. A cavalinha além de silício contêm saponinas, flavonas, cálcio, potássio, magnésio que ajudam a fortalecer o cabelo, as unhas, ossos e dentes.

Chá de cavalinha contra as rugas

Para usufruir das propriedades medicinais desta planta, prepare um chá para retardar o envelhecimento. Ferva meio litro de água, adicione 8 colheres cheias de cavalinha e baixe o fogo, deixe ferver um pouco de forma a extrair o ácido silícico das partes da planta, apague e deixe em infusão por 30 minutos.

Faça uma cura e beba 3 chávenas de chá de cavalinha diariamente durante 4 a 6 semanas. Para uso externo, pode aplicar compressas do chá de cavalinha. Molhe um pano de algodão no chá e coloque no rosto e decote cerca de 15 minutos, ou outras partes da pele.

Alquemila contra o envelhecimento

A planta alquemila, chamada também de pé-de-leão é conhecida como o “chá da mulher”, porque como o próprio nome sugere, sempre foi utilizada para minimizar problemas ginecológicos do âmbito feminino, como sintomas da menopausa e dores menstruais.

Mas também serve para retrasar as rugas e reduzir os poros dilatados, tudo graças aos altos níveis de taninos e flavonóides desta planta, que tem efeito anti-inflamatório.

Chá de Alquemila para as rugas

Ferva um quarto de litro de água e junte 1 colher de sopa de folhas alquemila e deixe a infusão repousar por 10 a 15 minutos. Coe e beba o chá. Para o uso externo, as compressas deste chá ajudam a retardar as rugas e a fechar os poros grandes. É melhor fazer as compressas de alquemila sobre a pele à noite, para tal molhe um pano de algodão no chá morno e coloque no rosto e decote durante cerca de 15 minutos.

Alecrim contra as rugas

O alecrim é uma planta medicinal especificamente utilizada como anti-séptico, diurético, antiespasmódico e ainda ajuda na cicatrização e no crescimento do cabelo. O chá de alecrim é particularmente indicado pelas suas propriedades reafirmantes para reduzir a perda de firmeza da pele e melhorar a sua tonicidade.

As suas substâncias ativas são os taninos, flavonas e cânfora, promotoras da circulação e com efeitos reafirmantes, ideais para a pele.

Compressa de alecrim contra rugas

Para evitar as rugas pode fazer compressas da infusão de alecrim. Leve a ferver 1 litro de água, e depois de fervido, adicione 50 g de alecrim, tape e deixe em repouso durante 10 a 15 minutos. Em seguida, coe a infusão e mergulhe um pano na infusão, aplique-o sobre o rosto ou outras áreas da pele.

Cerefólio contra as rugas

O cerefólio como planta medicinal, tem propriedades benéficas para a pele. As folhas de cerefólio são ricas em óleo essencial, vitaminas A e C, magnésio, ferro, zinco, flavonóides e substâncias amargas – ingredientes ativos importantes para manter a pele jovem.

Como erva que rejuvenesce a pele, o cerefólio é usado sob a forma de compressas. Deite uma colher de sopa de folhas de cerefólio secas em um quarto de litro de água fervida e deixe a infusão repousar por 10 minutos. Molhe um pano no chá depois de frio e aplique sobre a pele do rosto.

O dente de leão para rugas

O dente de leão é muitas vezes considerada uma erva daninha, no entanto é uma erva valiosa no cuidado da pele madura. O dente de leão rejuvenesce a pele devido à sua riqueza em vitaminas A, B e C, bem como aos oligoelementos cobre e zinco, que são de grande importância para uma pele saudável. Além disso, as substâncias amargas desta planta medicinal têm um efeito purificador em todo o organismo, melhorando a aparência da pele, conferindo-lhe frescura.

Sumo de dente-de-leão contra rugas

Estudos científicos recentes mostraram que as mulheres que beberam até 20 ml de sumo de dente-de-leão diariamente por um mês demonstraram uma melhora significativa na elasticidade e hidratação da pele. Segundo os cientistas, o consumo diário de 20 ml do sumo desta planta medicinal leva a uma melhora visível na aparência da pele.

Recomenda-se que o tratamento tenha uma duração de pelo menos três semanas, durante o qual deve consumir até 3 colheres de sopa de sumo de dente-de-leão diariamente antes de comer. Para habituar-se ao sabor amargo desta erva fresca deve começar com uma colher de sopa por dia, podendo misturar o sumo com um smoothie, ou sumo de laranja. Se não conseguir fazer o sumo fresco, que é feito a partir do talo e caules da planta, também está disponível em lojas de produtos.

As compressas de dente-de-leão refrescam e relaxam a pele do rosto. Para tal, deite um punhado de folhas secas de dente-de-leão em 250 ml de água fria, deixe em decocção durante 10 a 12 horas. Depois, coe as ervas e aqueça a fogo suave o chá. Deixe repousar 5 minutos e depois molhe um pano de algodão no líquido morno e coloque por 15 minutos no rosto.

ATENÇÃO: O nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Deve sempre consultar um médico ou um profissional de saúde antes de iniciar qualquer tipo de tratamento.