Remédios naturais contra a caspa

A caspa é um dos problemas mais comuns do couro cabeludo e, além de causar desconforto, pode também ser embaraçoso. Felizmente existem alguns remédios naturais e caseiros que podem ajudar a combater este problema.

Fique então a conhecer alguns remédios naturais contra a caspa e siga também algumas dicas que podem dar uma ajudinha extra no combate a este problema.

Lavar o cabelo corretamente

Muitas pessoas que sofrem de descamação do couro cabeludo, lavam o cabelo demasiadas vezes, na esperança de resolver o problema. Na verdade, lavar excessivamente o cabelo pode mesmo piorar os sintomas, pelo que deve lavar no máximo a cada dois dias. É necessário ter atenção ao champô, que deve ser suave de forma a não tornar o couro cabeludo demasiado oleoso. Pode misturar, em quantidades iguais, champô com água destilada, sendo um remédio simples mas eficaz e que não irrita o couro cabeludo. Quando lavar o cabelo, não use as unhas nem exerça demasiada pressão. Faça uma boa massagem com as pontas dos dedos, que ajuda a soltar as partículas de caspa, sem no entanto irritar a pele.

Remédio natural à base de tomilho para combater a caspa

O tomilho possui propriedades antisséticas que podem ajudar a resolver o problema da caspa. Para preparar um remédio natural, ferva durante cerca de 10 minutos quatro colheres de tomilho seco em ½L de água. Coe e deixe arrefecer. Após lavar o cabelo com o champô habitual, sem secar, aplique diretamente esta solução em toda a extensão do couro cabeludo, massajando suavemente, sem enxaguar. Cada solução é suficiente para dois tratamentos, pelo que, após aplicar a primeira vez, pode guardar o restante para a próxima lavagem.

Tratamento caseiro com azeite

Embora possa parecer estranho um tratamento com azeite, a verdade é que este ajuda a amolecer as partículas de caspa e a fazer com que estas se soltem. Aqueça um pouco de azeite num tacho, e aplique-o diretamente sobre o couro cabeludo com a ajuda de um algodão. Evite o mais possível aplicar sobre os cabelos para que estes não fiquem demasiado oleosos. Coloque uma touca, deixe atuar durante 30 minutos e lave normalmente com o seu champô habitual.

Apanhar sol

Uma exposição moderada ao sol pode dar uma ajuda extra na resolução do problema. Os raios ultravioleta têm um efeito anti-inflamatório e são benéficos para o couro cabeludo. Mas claro, sempre com moderação, no máximo 30 minutos por dia e nunca nas horas de maior perigo.

Deixar de lado o stress

As emoções e os sentimentos têm um papel importante no agravamento dos sintomas. É comum em alturas de grande stress, haver uma maior abundância de películas de caspa. Este pode ser o “tratamento” mais difícil de pôr em prática, mas os seus efeitos são os mais benéficos. Deixe o stress de lado, pratique exercício físico moderado, yoga ou pilates, medite e tire um tempo para fazer o que lhe dá mais prazer.

Ainda a ter em conta

Algumas pessoas usam a cerveja como remédio natural contra a caspa. Este é um grande erro, pois a cerveja seca demasiado o couro cabeludo e acaba por aumentar a quantidade de partículas, agravando o problema. Opte pelos remédios caseiros mencionados anteriormente, os resultados serão mais satisfatórios.

Há ainda que ter em conta que a caspa é muitas vezes confundida com a dermatite seborreicas, mas esta última deve ser alvo de tratamento médico. Se tiver crostas amarelas sobre o couro cabeludo, manchas avermelhadas no pescoço e se as partículas continuam abundantes embora use um champô anticaspa, necessita provavelmente de um tratamento específico. Nestes casos, aconselhe-se junto do seu médico antes de aplicar qualquer remédio caseiro.

ATENÇÃO: O nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Deve sempre consultar um médico ou um profissional de saúde antes de iniciar qualquer tipo de tratamento.