Tratamento natural para a dor de dentes

Quando a dor de dentes ataca, o dia-a-dia torna-se quase insuportável. Não é à toa que a sabedoria popular refere que esta é uma das piores dores de todas. Para quem prefere um tratamento natural, aqui vai encontrar um remédio para a dor de dente, existem muitos bastante eficazes no combate às dores de dentes e de fácil aplicação.

O chá de camomila, o chá de sálvia e o cravo mastigado são remédios caseiros antigos que têm um efeito levemente anti-inflamatório e aliviam a dor. A dor de dente é um sinal de alerta e tem várias causas, de modo que qualquer destes remédios servem apenas para aliviar a dor até à consulta com o dentista.

Remédios para a dor de dentes

Os analgésicos para a dor de dente, da farmácia, podem trazer alívio imediato da dor, mas também certas medidas caseiras podem ser a solução a este mal-estar. Existem vários ingredientes naturais que podem ser utilizados como um bom remédio caseiro para a dor de dente. Os ingredientes à base de plantas, como o cravo, podem ser mastigados, e ajudam a reduzir a dor e a inflamação, se existe, mas também a água morna com sal e muitos outros que poderá encontrar aqui:

Cravo-da-índia para tratar a dor de dente

O cravo-da-índia (também conhecido como “cravinho”), era já utilizado como antissético bucal há muitos séculos atrás no continente asiático. Hoje continua a ser um dos produtos naturais mais usados para o alívio das dores de dentes. Precisará dos seguintes ingredientes para preparar este remédio caseiro para a dor de dente:

  • sete botões de cravo-da-índia
  • duas colheres de sopa de vinagre de vinho
  • um colher de sopa de sal marinho grosso
  • dois copos de água

Coloque tudo num tacho e deixe ferver durante alguns minutos. Quando estiver morno, filtre e está pronto. Bocheche várias vezes ao dia enquanto as dores de dentes se mantiverem. Além deste remédio, para uma ação mais direta, pode ainda mastigar os botões de cravo-da-índia.

Pode ainda aplicar óleo essencial de cravo-da-índia diretamente sobre o dente que provoca a dor, com a ajuda de um cotonete. Evite que o óleo toque na gengiva, pois pode causar ligeiras queimaduras.

Os cravos contêm óleos essenciais que são liberados durante a mastigação. Quando sentir uma dor de dente insuportável, mastigue imediatamente um cravo-da-índia. Deve mover os cravos na boca para perto da área dolorida e esmagá-los com os dentes.

Fazer bochechos com chás

Os melhores chás para fazer bochechos para a dor dente, são o chá de camomila e o chá de sálvia que podem trazer alívio imediato da dor, já que esses chás têm efeito antibacteriano. Especialmente o chá de sálvia, é também um bom remédio caseiro para tratar a gengivite e a inflamação. Prepare qualquer um dos chás, ou de sálvia ou de camomila e depois de morno, faça bochechos várias vezes por dia.

Bochechos com álcool

Um enxaguatório bucal com álcool é bom contra a dor de dente, porque se mantiver o álcool durante alguns minutos na boca e não engole, pode ajudar a eliminar as bactérias na cavidade oral. As bebidas alcoólicas como o conhaque ou o vodka são adequadas como um remédio caseiro para a dor de dente. Mantenha a bebida por um curto período de tempo na boca e depois deite fora.

Óleo essencial de noz moscada

Este remédio natural para a dor de dente é de fácil aplicação e proporciona algum alívio quando as dores são mais fortes. Além disso, não precisa de nenhuma preparação prévia. Basta embeber um cotonete no óleo essencial e aplicá-lo diretamente no dente em causa.

Remédio de arnica para a dor de dente

A arnica é conhecida pelas suas propriedades anestesiantes e anti-inflamatórias e, por isso, uma boa opção como remédio para a dor de dentes. Para este preparado precisará dos seguintes ingredientes:

  • uma colher de sopa de arnica picada
  • duas colheres de sopa de sálvia
  • três colheres de sopa de camomila

Ferva as plantas em cerca de ½l de agua, deixe arrefecer e coe. Faça bochechos de três a cinco vezes ao dia.

Água morna com sal para a dor de dente

Embora não seja um remédio, a água limpa e por isso ajuda a aliviar a dor. Bocheche a boca com uma solução de água morna com sal, várias vezes ao dia. Isto acalmará o tecido inflamado e higieniza a boca, auxiliando no alívio da dor.

Pode ainda chupar uma pedra de gelo ou colocar uma bolsa de gelo na bochecha, para ajudar a desinchar e a anestesiar a zona em causa. É possível no entanto que um cubo de gelo aplicado diretamente sobre o dente, possa aumentar ainda mais a sensibilidade e aumentar a dor. Este fator depende de pessoa para pessoa, pelo que pode experimentar e parar a aplicação de gelo se não verificar melhorias.

Óleo da árvore do chá

O óleo da árvore do chá diluído pode ajudar contra a dor de dente. Uma gota de óleo de árvore do chá misturado com um copo de água morna ajuda a aliviar a dor de dente e também a dor de garganta. Faça gargarejos e enxaguamento da boca ao longo do dia.

O que mais pode ajudar no tratamento da dor de dente

Em caso de inchaço, o frio ajuda, já que tem um efeito anti-inflamatório. Coloque compressas frias ou bolsas de gelo na sua bochecha para baixar o inchaço. Por outro lado, a aplicação de calor na boca pode aumentar a dor de dente, porque as bactérias existentes, podem aumentar.

Remédio caseiro após extração dentária

O uso de remédios caseiros não deveriam ser aplicados depois da extração de um dente, estas soluções naturais ou óleos não são adequadas. Isto porque, a extracção de dentes deixa uma abertura, que pode fazer com que mais bactérias penetrem na boca. Sendo assim, apenas deve enxaguar a boca, com chá verde ou chá de camomila e chá de sálvia, no caso de sentir mal-estar na boca.

A ter em conta

O tratamento caseiro para a dor de dente pode aliviar, ainda que seja só brevemente, mas a dor pode indicar uma inflamação e isto representa um sinal de alerta que deveria ir ao dentista. Ainda mais, se for acompanhada de dor de ouvidos, febre ou mal-estar ao abrir a boca, e durar mais do que dois dias, é aconselhável consultar um dentista o quanto antes.

ATENÇÃO: O nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Deve sempre consultar um médico ou um profissional de saúde antes de iniciar qualquer tipo de tratamento.