Tratamento natural para a transpiração excessiva

A transpiração excessiva é um problema de saúde, chama-se hiperidrose e pode ser controlável com remédios naturais. Apesar de já existirem algumas causas determinadas para o aparecimento deste excesso, sabe-se muito pouco sobre como ele surge. Sabe-se que a genética tem influência, mas a hiperidrose também pode acontecer em situações de maior stress, demasiado esforço físico ou reação a alguns alimentos. As crises de transpiração excessiva são, também, mais comuns nas mulheres, quando surge a menopausa ou durante a gravidez.

Tratamento natural para a transpiração excessiva

Tratamento natural com sálvia

Em casa, são alguns os truques naturais que pode aplicar para eliminar o excesso de transpiração. A sálvia é uma planta que pode usar para fazer um desodorizante natural. Esta planta tem propriedades adstringentes, que reduzem até metade a produção de suor do nosso corpo.

Faça durante duas semanas uma cura com a planta medicinal sálvia. Os constituintes amargos da sálvia ajudam a regular a transpiração. Receita que deve fazer diariamente: deite um litro de água fria numa panela e junte 2 a 3 colheres de sopa bem cheias de folhas secas de sálvia, depois de levantar fervura deixe ferver cerca de 3 minutos. Em seguida coe e deixe arrefecer um pouco. Beba 1/4 litro imediatamente e coloque o resto numa garrafa térmica e beba ao longo do dia. Após uma semana de tratamento começa a notar o seu efeito.

Feno-grego para combater o suor

As propriedades do feno-grego acalmam a superprodução das glândulas sudoríparas. Junte 12 colheres de sopa de sementes de feno-grego (encontra na farmácia ou em lojas de produtos naturais) a 1 litro de água fria durante, devendo ficar 6 horas de remolho. Depois deste tempo coe e leve ao fogo. Quando levante fervura, apague imediatamente o fogo. Após arrefecer, despeje no lavatório ou numa bacia e acrescente água. Nesta água lave e mantenha as mãos ou os pés durante 15 minutos.

Bicabornato de sódio para regular o suor excessivo

O bicabornato de sódio é, também, remédio santo. Este fermento não é agressivo e, quando colocado na pele, tem ação antibacteriana. Por isso, pode até ser usado para fazer o seu próprio desodorizante. Precisa apenas de um vaporizador com água, uma colher de bicabornato e três gostas de um óleo essencial a seu gosto.

Limão e bicarbonato de sódio: estes dois ingredientes naturais são excelentes para evitar o odor nas axilas. Deite numa tigela um copo meio de água, junte 1 colher de chá de sumo de limão e 1 colher de chá de bicarbonato de sódio, misture todos os ingredientes e coloque esta mistura nas axilas após o banho. Faça este tratamento três vezes por semana durante um mês.

Outros remédios naturais para a transpiração excessiva

Tal como o bicabornato, o vinagre também reduz o suor excessivo. Passe um pouco de vinagre de vinho ou de cidra num algodão e passe-o na área suada, durante dez minutos. Depois, é só enxaguar com água.

Misture folhas de carvalho e cavalinha a partes iguais. Deite um punhado desta mistura em 1 litro de água a ferver. Apague o fogo e deixe repousar cerca de 10 minutos. Coe e lave regularmente as axilas com esta mistura.

Também muito popular é o banho de tomate, como tratamento natural para a transpiração excessiva, uma receita antiga: deite 3 litros de sumo de tomate na banheira com água morna. Tome banho nesta água vermelha durante 15 minutos. As propriedades do sumo de tomate fazem inibir a superprodução das glândulas sudoríparas.

Lave diariamente as partes do corpo suadas com a seguinte mistura: deite 30 g de folhas de nogueira, 20 g de tomilho e 40 g de casca de carvalho num litro de água que deve ferver durante dez minutos.

Após o duche, lave duas vezes por semana todo o corpo com uma mistura de 1/4 litro de água e 1/4 litros de vinagre de cidra.

Contra o suor forte nas axilas esfregue-as, 2-3 vezes ao dia, com um pano embebido em vinagre. Isto ajuda a reduzir a atividade das glândulas sudoríparas.

Cuidados a seguir para prevenir a transpiração excessiva

Além do tratamento natural para a transpiração excessiva, deve tomar alguns cuidados para a sua prevenção. A primeira é manter uma higiene regular, como é óbvio, até porque, se sentir limpo, vai-se sentir bem melhor. É recomendável tomar um duche 1 vez por dia, devendo alternar com água quente e fria, mas deve sempre terminar com água fria.

Beba muita água e evite o álcool, café e o tabaco, pois contêm certas substâncias, que fazem aumentar o suor. Mantenha a sua depilação impecável, em zonas onde a transpiração é mais visível, como as axilas. Procure não usar roupas muito apertadas e evite os tecidos sintéticos e escuros no verão: o calor vai deixá-lo a pingar de suor. Prefira tecidos leves como o linho. Ao contrário do que se pensa o algodão não é o mais apropriado. Quanto ao desodorizante que usa, pode preferir usar um antitranspirante mais forte, que bloqueiam a produção de suor, mas são mais agressivos.

ATENÇÃO: O nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Deve sempre consultar um médico ou um profissional de saúde antes de iniciar qualquer tipo de tratamento.